Categoria: Saúde Geral

Remédio para cólica menstrual pode ser novo tratamento de Alzheimer

Remédio para cólica menstrual pode ser novo tratamento de Alzheimer

Um projeto de investigação demonstrou que um modelo experimental da doença de Alzheimer pode ser tratado de forma exitosa com medicamento anti-inflamatório de uso habitual.

Uma equipe liderada pelo Dr. David Brough na Universidade de Manchester encontrou que o medicamento anti-inflamatório reverteu completamente à perda de memória e a inflamação cerebral em camundongos.

Leia também: Atroveran é bom

Praticamente todos em algum momento da vida tomamos medicamentos anti-inflamatórios não esteroides; o ácido mefenâmico, um medicamento anti-inflamatório não esteroide (AINE) se usa habitualmente para a dor menstrual. Os resultados foram publicados na revista Nature Communications.

Embora seja a primeira vez que se demonstrou que um medicamento se dirige contra esta via inflamatória, ressaltando a sua importância no modelo da doença, o Dr. Brough adverte a necessidade de novos e maiores estudos para identificar seu impacto sobre os seres humanos e as implicações em longo prazo do seu uso.

No estudo foram usados camundongos transgênicos que desenvolveram sintomas da doença de Alzheimer. Um grupo de 10 camundongos foi tratado com ácido mefenâmico, e 10 foram tratados da mesma forma que com placebo.

Os camundongos foram tratados no momento que desenvolveram problemas de memória e o fármaco foi administrado mediante uma minibomba implantada sob a pele durante 1 mês. A perda de memória reverteu por completo os níveis observados em camundongos sem a doença.

O Dr. Brough assinalou: “Agora existe evidência experimental que sugere fortemente que a inflamação cerebral agrava a doença de Alzheimer”. Além disso, acrescentou: “Nossa pesquisa mostra pela primeira vez que ácido mefenâmico, um medicamento anti-inflamatório não esteroide simples, pode ser dirigido contra uma importante via inflamatória denominada inflammasome NLRP3, que lesiona células cerebrais”.

“Até o momento não se dispunha de nenhum medicamento contra esta via, por isso estamos muito animados com este resultado”, explica. “No entanto, é necessário muito mais até para que possamos dizer com certeza como impactará a doença em humanos, uma vez que nem sempre repetir exatamente mouse modelos de doenças humanas. Uma vez que este medicamento esteja disponível e se conhece a toxicidade e farmacocinética do fármaco, o tempo para atingir aos pacientes deveria em teoria, ser mais curto caso sejam são desenvolvidos medicamentos completamente novos. Agora estamos preparando aplicações para efetuar estudos em fase II precoce para determinar a prova de conceito de que as moléculas têm efeito sobre a inflamação neuronal em humanos”.

O Dr. Doug Brown, diretor de Investigação e Desenvolvimento na Sociedade de Alzheimer, indicou: “A prova de medicamentos que estão em uso para outras afecções, é uma prioridade para a Sociedade de Alzheimer; poderia permitir encurtar os 15 anos necessários para desenvolver um novo medicamento para a demência”.

“Estes promissores resultados de laboratório identificam uma classe existente de medicamentos que têm o potencial de tratar a doença de Alzheimer bloqueando uma parte em particular da resposta imunitária. No entanto, estes medicamentos não carecem de efeitos secundários e não se devem tomar para a doença de Alzheimer nesta etapa; primeiros são necessários que os estudos sejam feitos nas pessoas “.

Linguagem do Corpo: cólicas menstruais

.Antes ou durante o ciclo menstrual, as mulheres podem apresentar sintomas que alteram a sua qualidade de vida, como por exemplo, a cólica. Também conhecida como dismenorreia, o distúrbio afeta praticamente todas as mulheres em alguma fase da vida.
A tão temida cólica nada mais é do que uma dor pélvica causada pela contração do útero, a fim de eliminar em forma de sangramento quando o óvulo não foi fecundado, a camada interna do útero que se desenvolve para manter o embrião.

Leia também: como parar a Cólica menstrual

Segundo a medicina, existem dois casos de cólica: a primária, que é de natureza desconhecida; e a secundária, que pode ser provocada por inflamações pélvicas, endometriose e fibromiomas. A dor varia de mulher para mulher. Em alguns casos, é necessário um acompanhamento médico.

“A cólica é um distúrbio nervoso localizado na área yin, que representa a feminilidade, a doçura, a criatividade romântica (…)”

Mas você sabia que as emoções e modo como você atua no cotidiano podem interferir em seu organismo?

Em seu livro “Linguagem do Corpo: A Cura pelo Amor”, da Barany Editora, Cristina Cairo, psicóloga e especialista em Medicina Chinesa e Filosofia Oriental, afirma os significados psicológicos da cólica e dá algumas dicas para acabar com essa dor com a ajuda comportamental e claro, com amor.

Cólicas menstruais segundo Cristina Cairo:
“A dor que a mulher sente às vésperas de sua menstruação, ou durante, representa seu estado emocional duro e yang. Ou seja, quando a mulher necessita substituir as tarefas pesadas de um homem, como preocupações exageradas com contas a pagar, ou quando se torna controladora, possessiva e autoritária.

A cólica é um distúrbio nervoso localizado na área yin, que representa a feminilidade, a doçura, a criatividade romântica, a procriação, os sonhos acordados, a organização calma de uma família ou de uma empresa, os divertimentos, os prazeres pessoais e até pequenas viagens para descanso.

A mulher que vive sempre preocupada, mandando em tudo e em todos e se esquece de ser independente e livre para sua vida pessoal, sofre com cólicas menstruais. Seu inconsciente lhe avisa que está na hora de ser mais dócil e se permitir ser amada por quem realmente valha a pena.

Todas as mulheres que sofrem com seu útero estão declarando guerra contra os homens de uma maneira às vezes sutil e às vezes declarada. É uma situação que deve ser conscientizada, pois esse desejo está alojado no fundo do inconsciente, devido ao modelo de pai que ficou gravado na memória do computador de sua mente desde a infância.
Gosto de explicar que a imagem que guardamos de nossos pais nada tem a ver com os erros deles, e sim com as sensações que nossa alma guarda devido aos carmas que trazemos.

Semelhante atrai semelhante e nada justifica culpar os pais pelos caminhos que escolhemos.

Quando o pai foi ausente de alguma maneira – morreu cedo, viajava muito, era submisso à esposa, era muito doente, foi autoritário, alcoólatra ou mesmo tinha outra família -, a filha guardará esse modelo em seu inconsciente, muitas vezes se esquecendo disso na vida adulta. Quando ela se tornar mulher, sentirá por várias vezes que seu coração está triste, insatisfeito e vazio. Nenhum homem conseguirá preencher esse espaço e então ela se torna a guerreira, a solitária e a buscadora daquilo que parece nunca encontrar.

Seu coração e sua alma chamam por seu pai sem que ela saiba. Chamam por aquele que poderia ter feito sua vida ser mais leve, carregando sua dor da infância. Mas conscientemente ela apenas acredita que sua personalidade é forte e que sempre será assim.

Querida amiga, sua dor tem fundamento e também tem solução. Nada acontece por acaso e você precisa saber que seu pai foi o pai que você precisava para esta vida. Ele só fez o que o coração dele pediu. Mesmo que você não tenha gostado ou tenha esquecido para se proteger de uma dor maior, avise seu coração que você tem o direito de relaxar e soltar os problemas nas mãos de outras pessoas também. Divirta-se mais e rejeite qualquer sentimento de culpa. Sua leveza de alma está em suas mãos e na forma de você olhar os problemas do dia a dia. Solte seus pensamentos, sonhe como mulher maravilhosa que você é e deixe o Universo realizar aquilo que você pensa.

Coloque agora suas mãos sobre sua barriga a altura do seu útero e lhe diga: “me desculpe por eu ter sido tão dura em meu coração, me desculpe por eu ter sido tão controladora com as pessoas. Confie em mim, vou aprender a soltar aqueles que tenho medo de perder, porque agora sei que nunca perdi ninguém, apenas cada um tem seu destino e Deus jamais me abandonará. Agora, útero amado, você pode soltar essa dor e relaxar nas minhas mãos”.

dicas para levar uma vida mais saudável

Muitos ainda pensam que vida saudável é apenas não ser portador de nenhuma doença séria, mas na verdade é muito mais que isso, uma série de bons hábitos que, quando adotados, ajudam a manter o equilíbrio físico, mental e emocional, podem ser essenciais para uma boa qualidade de vida.

alimentação
A alimentação tem um grande reflexo sobre a saúde, pois fornece todos os nutrientes essenciais para o bom funcionamento do organismo, por isso, é importante consumir alimentos saudáveis, como frutas e legumes diariamente. É importante sempre optar por alimentos in natura sempre que possível, evitando os alimentos industrializados ultra processados, que possuem adição de aditivos alimentares, como conservantes e corantes, além de maior teor de sódio, açúcar e gorduras. Tenha moderação, procure não fazer refeições muito pesadas em horários irregulares, mas ter uma alimentação variada e sem muitas restrições. Ser saudável não significa necessariamente ser magro, mas manter hábitos alimentares equilibrados.

Leia também: rugas

atividade física
Inclua na rotina o hábito de praticar atividade física, pois os exercícios são essenciais para manutenção da saúde, pois previne doenças e melhora a qualidade de vida, além de dar mais disposição e auxiliar na perda de peso.

reduza o estresse
Tente, ao máximo, controlar seu nível de estresse, que pode trazer grandes prejuízos para saúde, como insônia, ansiedade e até aumento de peso. Pratique atividades que ajudam a controlar o estresse, como meditação ou yoga.

cuidar de si mesmo
Muitas vezes não nos sentimos bem com nós mesmos, ficamos com baixo astral. Atividades físicas podem ajudar a melhorar o humor, pois ajudam na liberação de endorfinas que ao ser liberada estimula a sensação de bem-estar e bom humor. O consumo de água, pode ajudar a manter a pele e cabelos hidratados, e o uso do protetor solar pode ajudar na redução de rugas e manchas.

Busque um tempo de lazer, seja em família, com os amigos ou até sozinho. Cuide de Você!

É importantíssimo que você busque manter um equilíbrio, é o melhor caminho para uma vida mais tranquila e agradável. Uma vez que você cria hábitos saudáveis, estes acabam permanecendo por toda a vida